terça-feira, 16 de outubro de 2018


A Etapa Estadual do Parlamento Jovem 15 anos!

Em 2018, dois estudantes representaram a cidade de Juiz de Fora na etapa estadual do PJ Minas que aconteceu nos dias 19, 20 e 21 de setembro, em Belo Horizonte.
        
        A estudante do Colégio Apogeu, Claudiane Alves Gonçalves, e o estudante do Colégio Tiradentes – PMMG–JF, Hugo Moreira Beire, foram acompanhados, nesta última fase do Parlamento Jovem de Minas, pelos orientadores Adriana Ferreira Costa e Maurício Victorino de Souza, ambos indicados pelos respectivos colégios, além do servidor da Câmara Municipal de Juiz de Fora Sérgio Dutra, coordenador do PJ Minas JF e do Polo Zona da Mata II e Caparaó.



Participam da edição 2018 do PJ Minas oitenta e um municípios, os quais foram reunidos em dezesseis polos distribuídos em diferentes regiões do estado. Na etapa estadual registraram presença em Belo Horizonte cento e vinte estudantes.

Juiz de Fora é sede e integra o Polo Zona da Mata II e Caparaó, que conta com a participação das cidades de Paula Cândido, Piedade de Ponte Nova, Ponte Nova, Viçosa e Visconde do Rio Branco.

Os dois representantes de Juiz de Fora, somados aos 118 estudantes dos 81 municípios, foram recebidos no dia 19 no Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira, localizado no Palácio da Inconfidência. Logo após esse momento aconteceu a Oficina de Vivências temáticas. Os temas apresentados esse ano foram: “Jovem no mercado de trabalho”; “Preconceito Racial” e “Bullying, Cyberbullying e Liberdade de expressão”. 









Simultaneamente e em espaço ao lado aconteceu a exposição dos 15 anos do PJ Minas.




Na manhã do dia 20, os estudantes tiveram a oportunidade de discutir as três sugestões de temas e por ampla maioria o tema escolhido para discussão na edição 2019 do PJ Minas “Preconceito racial”.







Também na manhã do dia 20 os coordenadores municipais do PJ Minas foram reunidos para avaliarem as ações de 2018.




Na tarde deste mesmo dia aconteceram os Grupos de Trabalho, quando, após analisarem as oitenta e sete propostas sobre “Violência contra a Mulher” – aprovadas nas plenárias regionais –, das quais doze foram priorizadas pelos estudantes para serem debatidas na plenária estadual.





Encerrando as atividades dessa última etapa, na Plenária Estadual realizada dia 21 de setembro os estudantes apresentaram outras propostas novas. No final das discussões doze propostas foram aprovadas, as quais constaram de documento entregue à gerente-geral da Escola do Legislativo da ALMG, Ruth Schmitz, responsável pelo encaminhamento do documento à Comissão de Participação Popular da ALMG. Entre as propostas está um pedido de aprovação pela ALMG, da Proposta de Emenda Constitucional – PEC – nº 16/2015, que assevera, dentre outras proporcionalidades, a de participação de ao menos uma mulher na composição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com permanência da cota até que a equidade de gênero seja alcançada dentro da Assembleia.





















Também no dia 21, quatorze estudantes das escolas que participam do PJ Minas Juiz de Fora foram levados a Belo Horizonte pela Câmara Municipal para assistirem à Plenária Estadual do PJ Minas na ALMG. Este grupo foi acompanhado por professores das escolas, pela servidora da Câmara Roberta do Nascimento Ribeiro e pelos monitores: Clara Freguglia, Daniela de Amorim Lisbôa, Daniele dos Reis Costa, Denise Cristina de Moura e Joan Rosa dos Santos.






Confira todas as propostas aprovadas:


Subtema 1 - Violência doméstica e familiar:

1.Implantação do “Código Lilás” no protocolo de atendimento a vítimas de violência contra a mulher, em toda a rede de saúde e segurança do Estado;

2. Criação de rede de abrigos para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar e seus dependentes;


Subtema 2 - Violência nos espaços institucionais de poder:

3. Aprovação da PEC 16/15, para garantir a participação feminina na Mesa da ALMG;

4. Manifestação ao Congresso Nacional pedindo a revogação do parágrafo 5º do artigo 10 da Lei 9.263, de 1996, que trata do planejamento familiar;

5. Implantação do Projeto Luzia, que prevê instalação de postes em todos os locais de baixa luminosidade;

6. Disponibilização de delegacias móveis especializadas em violência contra a mulher, em municípios que não contam com órgão semelhante;

7. Criação, facultativa, de comissão em empresas públicas ou privadas para promover atividades sobre violência contra mulher e criação de ouvidorias para facilitar a prova contra assédios;

8. Pedido de providências à Secretaria de Estado de Segurança Pública para que mulheres trans e travestis cumpram penas em presídios femininos;


Subtema 3 -  Violência e assédio sexual:

9. Ampliação de campanhas publicitárias sobre violência contra a mulher e para desmistificar o padrão de perfeição difundido na sociedade;

10. Implantação do “Parada Segura” nos transportes coletivos do Estado;

11.  Ampliação dos bancos de custódia de DNA nos hospitais que executam exame de corpo de delito;

12. Divulgação da plataforma “Chega de fiu-fiu”, da organização não-governamental (ONG) feminista Think Olga, que monitora e divulga lugares com relatos de assédio.



Mais detalhes da etapa estadual podem ser observados no site da ALMG, links abaixo:



terça-feira, 18 de setembro de 2018

Estudantes discutem o documento de propostas do PJ Minas 2018.

No dia 14 de setembro, no Colégio dos Jesuítas, foi realizada a última oficina do PJ Minas JF 2018.

A atividade teve como objetivo permitir aos estudantes participantes desta edição discutirem as propostas que serão debatidas na etapa estadual do PJ Minas, a ser realizada entre os dias 19 e 21 de setembro.

A partir dessa discussão os estudantes Hugo Beire (Colégio Tiradentes da PMMG) e Claudiane Gonçalves (Colégio Apogeu), escolhidos como representantes de Juiz de Fora na etapa estadual, puderam conhecer a opinião de seus pares a fim de subsidiarem suas atuações na etapa estadual,

Aproximadamente, vinte estudantes participaram do encontro acompanhados pelas professoras Nathália Frizeiro do Colégio Tiradentes da PMMG; Inaiara Coser do Colégio Apogeu; e Melissa Moreira Lima do Colégio dos Jesuítas –escolas participantes desta edição do PJ Minas em Juiz de Fora.

Após a explanação dos objetivos do encontro pelo coordenador municipal do Parlamento Jovem, o sociólogo Sérgio Dutra, a condução dos trabalhos foi assumida pelos monitores: Clara Freguglia, Daniela Lisbôa, Daniele Costa, Denise Cristina de Moura, Joan Rosa dos Santos, Marissa Scárdua e Milena Regina de Paula Silva; os quais foram acompanhados pelo professor do Departamento de Ciências Sociais da UFJF e coordenador dos monitores, Jorge Chaloub.








terça-feira, 11 de setembro de 2018


Estudantes escolhem seus representantes para a etapa estadual do PJ Minas 2018.

No dia 14 de agosto foram eleitos os estudantes que irão representar a cidade de Juiz de Fora na etapa estadual da décima quinta edição do Parlamento Jovem de Minas, que acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de setembro. A escolha dos estudantes ocorreu no Colégio dos Jesuítas.

          Para esta eleição apenas 02 (dois) estudantes poderiam ser selecionados, segundo as regras do regulamento do projeto que previam um limite total de vagas de representação, buscando a paridade entre alunos advindos de escolas públicas e particulares; os próprios estudantes apresentaram suas candidaturas e assim, eles eram inseridos em um processo democrático, que consiste em defesa da candidatura e obtenção da maioria (simples) dos votos de seus pares.

          Os candidatos foram: Guilherme Porto da Silva e Hugo Moreira Beire ­­– ambos do Colégio Tiradentes – e representantes das escolas públicas; e como representantes das escolas particulares: Ana Carolina de Souza Santos, Caio Rodrigo dos Santos Silva e Carlos Dondici da Silva do Colégio dos Jesuítas, Claudiane Alves Gonçalves do Colégio Apogeu e Maycon Garcia da Costa do Colégio Vianna Júnior.

          A composição final foi à seguinte:
Representantes de escola pública:
Titular: Hugo Moreira Beire – Colégio Tiradentes
1º Suplente: Guilherme Porto da Silva – Colégio Tiradentes

Representantes de escola particular:
Titular: Claudiane Alves Gonçalves – Colégio Apogeu
1º Suplente: Carlos Dondici da Silva – Colégio dos Jesuítas
2º Suplente: Maycon Garcia da Costa – Colégio Vianna Júnior
3º Suplente: Ana Carolina de Souza Santos – Colégio dos Jesuítas
4º Suplente: Caio Rodrigo dos Santos Silva – Colégio dos Jesuítas
         
Na plenária estadual, participarão cento e vinte estudantes de 81 municípios, eleitos nas plenárias regionais. Os representantes eleitos em Juiz de Fora serão acompanhados pelo coordenador do Polo Regional Zona da Mata II e Caparaó, também coordenador do PJ no município Sérgio Dutra, além de professores das escolas dos representantes – Colégio Tiradentes e Colégio Apogeu.